15 de Agosto


Olá bebé lindo da mãe,
A mãe tem pensado muito em ti e nos manos mas és tu quem mais tem passado aqui, pelos meus pensamentos. Faz hoje quatro meses… Sim, já! Como o tempo corre quase sem darmos por ele…
Sei que estás melhor assim, sinto que o teu sofrimento era grande, mas gostava tanto que as coisas tivessem sido diferentes. Daqui a uns dias ia ter-te no colo mas não foi isso que Deus quis para nós e há que seguir em frente…
O pai e a mãe vão voltar a tentar, vamos ver se vos damos um mano/a. A mãe tem muito medo mas também muita esperança, sei que vocês estão aí, minhas estrelinhas e meu anjinho, a olhar por nós e por esse bebé, cuja ideia já amo.
Queria partir para esta etapa com todos os dados na mão mas não foi possível e não adianta esperar, decidimos deixar nas mãos de Deus.
Acredito que tudo irá dar certo, que tudo correrá bem!

Comentários