terça-feira, 31 de março de 2009

The Show Must Go On

Porque tudo na vida tem um fim, porque a vida é feita de etapas que se vão sucedendo, portas que se abrem e fecham, hoje foi dia de fechar uma porta, terminar uma etapa...
Ainda não me permiti parar muito a pensar no que acabou, no que significa este fim, não me sinto preparada para isso neste momento... Um dia, talvez, quando a "poeira assentar"...
Agora procuro acreditar no que alguém me disse nestes dias: às vezes maus momentos dão grandes frutos!
E amanhã começa um novo mês...

sábado, 28 de março de 2009

Maternidade III


Um dia destes, olhando para a Mariana no meio das suas brincadeiras na piscina, chegou-me aquela sensação de incredulidade que às vezes me atinge, aquela vida veio de mim, melhor, de Nós!
É uma sensação de espanto, que me acompanha desde o dia em que suspeitei que trazia uma nova vida dentro de mim.
Foi uma gravidez calma, sem grandes sobressaltos. Momentos indescritíveis, aqueles em que a fui sentindo crescer e desenvolver-se aqui dentro. Imaginando como seria aquele ser pequenino com quem mantinha longas conversas e ansiava abraçar.
Quando chegou o momento foi rápido. Estava calma, sem medo, mantendo aquela sensação de paz, que me acompanhou por 39 semanas. E à segunda contracção forte nasceu a Mariana, acompanhada de um grito cheio de tudo o que me ia na alma, tudo menos dor, que, mesmo sem epidural, não me lembro de ter sentido!
Ali estava o meu bebé, o meu milagre, tão grande e tão pequenino… Parecia um sonho, um sonho imensamente bom, quase precisei de me beliscar para ter a certeza que era verdade. Às vezes ainda sinto essa necessidade, quando a vejo crescer e desenvolver-se, aquele ser que veio de nós mas que, ao mesmo tempo, é tão diferente, tão único…
E como é bom que assim seja, porque um filho só é nosso até certo ponto. Devemos amá-los, cuidá-los, prepará-los e, o mais difícil, deixá-los voar quando chegar o seu momento!

Bem, e essa libertação vai-se fazendo progressivamente, eles lá nos vão preparando, e a minha filhota às vezes sai-se com autenticas pérolas…
Assaltada por todos estes sentimentos maternais, outro dia resolvi mandar-lhe um miminho via sms, dizendo “gosto muito de ti”. Pois, em resposta recebi o seguinte: “Mãe, não me mimes!”. E já está, toma lá que é para aprenderes!! Só me apeteceu agarrar aquela bochecha apetitosa e dar-lhe um beijo com força! A sorte dela foi não estar por perto ;)

sexta-feira, 27 de março de 2009

Amniocentese

Estava calma, estranhamente calma e muito perdida num mundo só meu.
Primeiro foi a consulta no diagnóstico pré-natal. Aí me disseram que os prognósticos não eram bons mas até haver resultados tudo era possível. Assinei os consentimentos que tinha a assinar e voltei para a sala de espera, para o meio das grávidas que esperavam, felizes, as suas ecografias.
Lá chegou a minha vez... A enfermeira dizia-me que não tivesse medo, que não custava nada e tudo ia correr bem! Mas eu sabia que estava ali apenas para confirmar o que não queria...
Entrei, e tive a sorte de ser atendida por um excelente médico. Pela primeira vez, filha, vi-te em 3D! Foi tão bom! Estavas ali, linda e perfeitinha para mim. Nesse dia resolveste estar menos dobrada e vi-te os pézinhos, as mãozinhas, a carinha... tudo tão perfeitinho :)
Depois taparam o ecógrafo e começou o processo de extracção de líquido, havia tão pouco que não foi fácil, mas correu tudo bem, na medida do possível.
Agora começava outra etapa, a da angústia da espera, porque, querida, mesmo sabendo que era impossível, a mãe guardou sempre uma pontinha de esperança...

quinta-feira, 26 de março de 2009

Noticias do Médico

Não foram boas nem más, apenas foram...
Parece que vou ter mais um ciclo longo, ou então nem sequer vou ovular. Tenho dois folículos à espera mas ainda não estão no ponto, só lá para meados da proxima semana, se tudo correr bem. Pois é, aqui a menina tem ovários preguiçosos!
Vou fazer análises para ver se está tudo bem e começar a fazer a indução a partir do próximo ciclo. Parece que também posso estar com um bocadinho de anemia, o que explicaria todo este cansaço!
Não considerou ser necessário recorrer a nada muito forte, pois o principal vai ser encurtar os ciclos e saber com mais precisão quando vou ovular. E tirou-me as idéias malucas com que tenho andado, relativamente a uma menopausa precoce...
Conversámos mais um bocadinho de tudo e de nada e no final lá me avisou, com um sorrisinho, que a possibilidade de ter gémeos se vai tornar mais real... Ai!!
E foi assim... Parece que hoje não tenho a desculpa das hormonas, para esta torneira que se resolveu abrir...

O desfazer de um sonho...

Logo de manhã telefonou-me o dr. L, afinal houve um engano... Realmete o rastreio deu negativo, mas a parte que veio para ele trazia um comentário... Pois é, esse dito comentário fazia toda a diferença: risco acrescido de trissomia 18 superior a 4 em 5!
O médico queria-me lá nesse mesmo dia para fazer eco, ver como estava tudo e preparar a amniocentese no dia seguinte.
A ecografia não estava famosa, as nossas esperanças iam diminuindo, a Matilde continuava pequenina, tinha o intestino hipereco, estava muito dobrada e o liquido amniótico, embora tivesse aumentado alguma coisa, ainda era pouco.
Senti-me perdida, o chão a fugir-me debaixo dos pés. Onde ia encontrar forças agora? Era a minha filhinha, a minha Matilde, o meu bebé pequenino, aquele que já sentia mexer dentro de mim. Só pensava, não é justo, não pode ser, que fiz eu, que fizemos nós para merecer isto? Mas é assim mesmo, a vida nunca é como a sonhamos...


E foi assim há um ano, no dia 26 de Março de 2008... Hoje, por ironia ou por uma daquelas coincidências malucas, volto ao mesmo médico, desta vez para uma consulta de ginecologia. Este é o 7º ciclo de tentativas depois da Matilde, vamos ver o que se passa, se é preciso fazer alguma coisa, dar uma ajudinha à natureza.
Só espero trazer melhores notícias desta vez!

terça-feira, 24 de março de 2009

e mais uma...

Há um ano este foi um dia de felicidade, de renascer da esperança.
Recebi o telefonema tão aguardado e, precisamente, com a notícia que queria ouvir:
- Chegou o resultado do seu rastreio e veio negativo. Pode estar descansada porque está tudo bem com o seu bebé!
Foi um alívio sem descrição, uma alegria imensa!
Ficava alguma preocupação, pois algum motivo tinha que haver para a falta de líquido e para a redução no crescimento da Matilde, mas podia permitir-me sonhar, voltar a acreditar...

segunda-feira, 23 de março de 2009

contas...


Há por aí alguém, que faz tantas ou mais contas do que eu...
Acho-lhe graça e, acima de tudo, deixa-me feliz, pois reforça esta luta conjunta por um sonho ;)

sábado, 21 de março de 2009

Quem é que manda lá em casa?

Fiz o teste e não foi mau... ;)

Pontuação: 21 Pontos


O seu filho lida com uns pais... racionais! Você passa demasiado tempo a explicar-lhe as suas razões e motivações mas ele nem sempre as compreende. Ainda não tem maturidade suficiente para compreender os seus argumentos de adulto.Essa atitude acaba por gerar um clima de confiança e uma plataforma de entendimento muito positiva mas é importante que deixe espaço para a espontaneidade e para a inocência próprias desta fase. Não se culpabilize por facilitar ou baixar a fasquia quando entende que o deve fazer.



Está aqui!

sexta-feira, 20 de março de 2009

Memórias...

Às vezes, muitas, é difícil pôr por palavras aquilo que nos vai na alma.
Penso muitas vezes até que ponto parece doentio, ou qualquer coisa parecida, este relembrar de datas.
Não pretendo fazer deste espaço um “memorial”, um muro de lamentações, mas há datas, acontecimentos, dos quais, por mais que tente, não me consigo abstrair.
Estes foram momentos vividos com muita intensidade há um ano atrás. Momentos que, inevitavelmente, deixaram a sua marca para sempre!
Não sei como os vivi, como os ultrapassei, como sobrevivi…
Foi praticamente o espaço de um mês que me trouxe a sensação de uma vida inteira. Um tempo que teimava em não passar mas que, ao mesmo tempo, corria demasiado depressa… Um tempo que não queria viver mas para o qual não tive alternativa…
A vida, às vezes, prega-nos partidas…
Não, não sou mal agradecida! Sei olhar à minha volta e reconhecer o que tenho de bom e todos os dias agradeço o que essa mesma vida, que por vezes nos trata tão mal, me foi trazendo, me foi dando. Especialmente o meu “milagre” e a possibilidade de ser mãe de um filho no colo!
Mas um facto não anula outro, e a partida precoce dos meus bebés deixou marcas profundas, alterou, de certa forma, a minha maneira de estar na vida. Entre outras coisas, umas melhores e outras piores, ficou um vazio, um vazio que nunca será preenchido e com o qual tenho que aprender a viver.
E essa parte de mim, neste momento, precisa destas datas, de deixar o registo destas memórias que me enchem. Que num momento, por um nada, me levam o sorriso e trazem as lágrimas, mas que, por vezes, também elas me trazem esse sorriso! E como é bom quando isso acontece…
Por isso, e enquanto sentir essa necessidade, aqui continuarão a ficar marcadas. Porque é o que tenho dos meus filhos, porque é o que preciso para seguir em frente…
Até ficar apenas a Saudade…
Para Sempre…

quinta-feira, 19 de março de 2009

e há 2 Anos nasceu mais uma estrelinha...


... estávamos preparados para esperar, quando, qual não é o nosso espanto, logo ao fim do 1º ciclo havia um atraso, como não sou regular esperámos uns dias e fiz o teste, lá estava ele, o positivo de novo.
Ficámos felizes mas desta vez a felicidade veio acompanhada do medo e decidimos esperar para contar.
Nova consulta, e lá estava o meu bebé com 7 semanas e o coração a bater. Tudo parecia tão bem que o médico nos disse que podíamos contar à Mariana e bastava voltarmos à consulta das 12 semanas. Só que a natureza resolveu pregar-nos nova partida e 3 semanas depois, no dia 19 de Março de 2007, comecei a perder sangue. Corremos para o médico, fizemos eco para verificar o que se passava e confirmou-se o que tanto temíamos, às 8 semanas e 1 dia o coração do meu filhinho tinha parado...

É assim pequenina a tua história, ali encaixadinha entre a dos manos... Mas no coração da mãe és grande, uma estrelinha brilhante, para sempre...

Parabéns meu filho!

Hoje este beijo é para ti, daqui até ao céu!

terça-feira, 17 de março de 2009

e + Desafio

A Martense desafiou-me a escrever 6 coisas sobre mim, para nos ficarmos a conhecer melhor ;)

1- Tenho uma filha linda, o meu milagre! E três anjinhos a olhar por nós...

2- Tenho 4 sobrinhas e um sobrinho, todos com um lugar especial no meu coração...

3- Estou casada há 15 anos, uma vida... e, como tal, cheia de tudo, bons e maus momentos, mas não me arrependo nem um bocadinho :)

4- Adoro ler, livros e tudo o que lhes diga respeito - bibliotecas, livrarias, alfarrabistas... É assim desde sempre, desde que me lembro...

5- Com a música passa-se o mesmo, há sempre música, nem que seja só "dentro da minha cabeça"!

6- Gosto do meu cantinho, do meu sossego e de estar com as pessoas de quem gosto...

As regras do jogo são:
1 - Linkar a pessoa que a indicou;
2 - Escrever as regras no blog;
3 - Contar 6 coisas aleatórias sobre si;
4 - Indicar mais seis pessoas e identificá-las com links no final do post;
5 - Deixar a pessoa saber que a indicou deixando um comentário para ela.

E aqui estão os links dos desafiados:

http://kikatud.blogspot.com/
http://euumdesejo.blogspot.com/
http://felicidadenaotemcodigodebarras.blogspot.com/
http://johnnymary.blogs.sapo.pt/
http://onossocastelo.blogspot.com/
http://vacanalua.blogspot.com/

+ Prémio


Mais um miminho, que chegou duplamente das amigas Ana e Marta. Obrigada às duas :)

Retribuo o mimo e dou-o aos blogues que visito sempre:

Martense
Ana
Cristina
Sofia
Joana
Catarina
Lena
Susana
ME
Celina
Sandra
Marta

segunda-feira, 16 de março de 2009

ganhou asas...


Muitos parabéns Pu

Por este primeiro aniversário!!!

A tia deixa aqui beijinhos grandes e muito doces para uma menina gulosa ;)

domingo, 15 de março de 2009

11 Meses...

E que saudades minha querida!
Sabes, há um ano a mãe sonhou contigo. Não foi um sonho bom, talvez prenuncio de tudo o que ia acontecer, mas foi um sonho com muito amor, cheio de amor por ti!
Quantas vezes pergunto PORQUÊ?
Não vale a pena, são perguntas sem resposta...
Apenas sei que cada minuto, cada momento que estiveste comigo valeu a pena!
A mãe ama-te querida, ontem, hoje e para sempre...
Um beijo, linda, daqui até ao céu!

sábado, 14 de março de 2009

?


Desiludiste-me imensamente...
como só tu o sabes fazer...
E dói... e dói... e dói...
Até quando?

Muitos Parabéns S.


Que ao longo deste teu novo ano vejas as alegrias duplicadas!

sexta-feira, 13 de março de 2009

quinta-feira, 12 de março de 2009

12 de Março de 2008 - O principio do fim...

Chegou a eco das 16 semanas e a 2ª fase do rastreio. Levámos a Mariana, que queria muito conhecer a irmã, estávamos felizes! Mas foi aqui que tudo começou, a Matilde estava com uma semana de atraso no crescimento e havia pouco liquido amniótico. Era preciso fazer repouso, beber muitos líquidos e esperar o resultado do rastreio. Fiquei com um aperto no peito, uma sensação de desamparo, de incredulidade mas sempre mantendo a esperança...


terça-feira, 10 de março de 2009

como diz a canção...

Cuida de mim, traz-me aconchego, tenho frio
Quero sair, leva-me p´ra um lugar, que nunca ninguém viu


(João Pedro Pais)

Muitos Parabéns H.



Que este novo ano te traga o concretizar desse teu sonho tão especial!

Beijinho grande e um dia muito FELIZ!!

domingo, 8 de março de 2009

Muitos Parabéns Mafalda

Este não é um aniversário qualquer!
18 anos representam um marco nas nossas vidas, o início de uma nova etapa, em que ainda tem muito a APRENDER, a EXPERIMENTAR, a VIVER…
O que desejo neste momento é que, ao longo da vida, saiba tomar as suas decisões e fazer as suas escolhas, para que nunca se arrependa de nada e, principalmente, SEJA MUITO FELIZ!
Beijinho grande da tia, para esta sobrinha especial :)

Para todas as Mulheres



by Philip Scott Johnson

500 Years of Female Portraits in Western Art

Music: Bach's Sarabande from Suite for Solo Cello No. 1 in G Major, BWV 1007 performed by Yo-Yo Ma

Nominated as Most Creative Video
2007 YouTube Awards

sexta-feira, 6 de março de 2009

quarta-feira, 4 de março de 2009

se...



Se for para não ser, que não seja!
Mas se não for eu fico :(

segunda-feira, 2 de março de 2009

Desafio...

Senti-me desafiada pela http://vacanalua.blogspot.com/, achei graça e resolvi fazer...

O desafio consiste em:
1 – Agarrar o livro que esteja mais próximo;
2 – Abrir na página 161;
3 – Procurar a quinta frase completa.
4 – Colocar a frase no blog
O livro é "Que Cena, Mãe" de Thalita Rebouças.
Na pag.161, a 5ª frase: " Eu não estou gorda. Apenas ganhei uns quilinhos".

Não podia ser mais certeiro com o meu discurso dos últimos tempos :P

Sintam-se desafiados!

Ansiedade...