Maternidade III


Um dia destes, olhando para a Mariana no meio das suas brincadeiras na piscina, chegou-me aquela sensação de incredulidade que às vezes me atinge, aquela vida veio de mim, melhor, de Nós!
É uma sensação de espanto, que me acompanha desde o dia em que suspeitei que trazia uma nova vida dentro de mim.
Foi uma gravidez calma, sem grandes sobressaltos. Momentos indescritíveis, aqueles em que a fui sentindo crescer e desenvolver-se aqui dentro. Imaginando como seria aquele ser pequenino com quem mantinha longas conversas e ansiava abraçar.
Quando chegou o momento foi rápido. Estava calma, sem medo, mantendo aquela sensação de paz, que me acompanhou por 39 semanas. E à segunda contracção forte nasceu a Mariana, acompanhada de um grito cheio de tudo o que me ia na alma, tudo menos dor, que, mesmo sem epidural, não me lembro de ter sentido!
Ali estava o meu bebé, o meu milagre, tão grande e tão pequenino… Parecia um sonho, um sonho imensamente bom, quase precisei de me beliscar para ter a certeza que era verdade. Às vezes ainda sinto essa necessidade, quando a vejo crescer e desenvolver-se, aquele ser que veio de nós mas que, ao mesmo tempo, é tão diferente, tão único…
E como é bom que assim seja, porque um filho só é nosso até certo ponto. Devemos amá-los, cuidá-los, prepará-los e, o mais difícil, deixá-los voar quando chegar o seu momento!

Bem, e essa libertação vai-se fazendo progressivamente, eles lá nos vão preparando, e a minha filhota às vezes sai-se com autenticas pérolas…
Assaltada por todos estes sentimentos maternais, outro dia resolvi mandar-lhe um miminho via sms, dizendo “gosto muito de ti”. Pois, em resposta recebi o seguinte: “Mãe, não me mimes!”. E já está, toma lá que é para aprenderes!! Só me apeteceu agarrar aquela bochecha apetitosa e dar-lhe um beijo com força! A sorte dela foi não estar por perto ;)

Comentários

Eu & um desejo disse…
Mae bebeda .... Mae galinha isso é que é....
trintona disse…
Olá Maria,
Obrigada por passares no meu cantinho. Acho que já conhecia a tua história pelo forum artemis. Agora, que vou estar limitada ao espaço entre a cama e a casa-de-banho vai fazer-me bem ter mais companhia.
Quanto à tua Mariana, ela parece mesmo uma menina muito especial. Parabéns!
Lena disse…
Com uma filha como a M. dá gosto ser MAE!!!
Parabéns pela filhota linda