mais coisas...

As minhas hormonas andam doidas!
Será que é mesmo das hormonas ou elas apenas servem de desculpa?
Parece-me que ando com as emoções muito à flor da pele e isso nem sempre é fácil de gerir...
Ontem à noite, depois de um acumular de ansiedade, stress e outros que tais, lá chegou um momento desses, cheio de lágrimas e tudo o resto que faz parte. Enfim, o pacote completo!
Mas no final foi bom. E foi bom porque acabámos por falar de algumas coisas que vamos guardando cá dentro. Assim, ontem acabámos a falar de nós e dos filhos, particularmente das estrelinhas e, claro, da Matilde.
Eu gosto e preciso de falar neles, especialmente na Matilde, gosto de lhe sentir o nome e a doçura que fica, porque, sim, imagino sempre esta minha filha como alguém muito doce, muito minha. Será errado? Não sei, mas faz-me sentir mais preenchida no vazio que ficou.
O pai, como qualquer homem (pelo menos quase todos os que conheço), não é muito dado a falar, a deitar cá para fora o que sente. Eu sei que para ele foi (é) tão difícil como para mim, simplesmente por ele não falar eu também fui guardando, com medo de o deixar triste. É aquele instinto de proteger quem gostamos a falar mais alto.
Mas ontem falámos e foi bom!
Falámos do choque que foi a noticia da nossa primeira estrelinha, do quanto a nossa segunda estrelinha fica tão coladinha à primeira que, não consigo pensar numa sem a outra, na saudade cheia de uma tristeza estranha palavras do pai que a Matilde deixou... Tristeza estranha porque, apesar do vazio e da saudade, nos traz um sorriso.
Falámos também da vontade de ter outro filho, do quanto cada ciclo de insucesso torna mais difícil o seguinte, do quanto acreditamos que vamos conseguir!

Este desenho foi feito pela Mariana há pouco mais de um ano.

Ela diz-me sempre: - Mãe, não está nada de especial mas serviu para eu descarregar toda a minha fúria!

É assim a minha filhota grande. O desenho não será uma obra de arte, mas está lá tudo! Ela, as estrelinhas, o anjinho Matilde e tudo o que lhe ia na alma...

Comentários

A tua pequenina revela uma maturidade surpreendente...força!
Jokas
macaso disse…
Tão bonito. mesmo. Ou eu estou também de lágrima fácil ou este post deixou-me com os olhos marejados.

Beijinho grande
Cristina disse…
Bom...eu também devo andar com as hormonas aos saltos...

Este teu post deixou-me com a lágrima no canto do olho.

Lindo o desenho da Mariana...

Um beijo muito grande para vocês e FORÇA COMPANHEIRA de luta!!