Sol

De regresso do fim-de-semana, algo mais renovada.
Foi boa a mudança de ares e de rotinas. A companhia, o passeio, a feira, os doces continuo gulosa embora não tanto como no ciclo anterior, parece que desta vez o estrofem não atacou tão forte ;)...
E como não há feira medieval que se prese sem um pozinho disto e um pozinho daquilo, não faltou a leitura da sina!
Não, nada de tarot nem leitura das mãos, foi mesmo aquela coisa de tirar uma pedrinha sem ver, e esperar para ouvir o que ela reservou para nós...
Pois é, é brincadeira mas soube-me bem o SOL que me calhou. Parece que significa um ano de felicidade e coisas boas, para mim e para a família! Já não era sem tempo, estou mesmo a precisar de uma coisa assim ;)
Mas o Sol calhou bem, por todos os motivos, para além desse, das coisas boas... É que eu gosto mesmo da luz, dos dias compridos, do calorzinho do Sol... Pronto, gosto do Verão!!
Quanto a este assunto, faço minhas as palavras da Rita Ferro:

Quem disse "só o Verão merece a pena ser vivido"?
Não me lembro do autor, não sei sequer se é vivo, mas continuo a dar-lhe razão.
Comigo o ciclo repete-se, ano após ano: hiberno de Outubro a Março, enrolo-me em mim mesma, embezerro, deixo de gostar dos outros.

E tenho frio, um frio de morte.

(...)
Os primeiros raios de sol, a seguir ao Inverno, são a senha mágica que me devolve à vida, o beijo do príncipe à Bela Adormecida!

Não sei se é por ter nascido no Inverno, nos dias pequenos e no meio do frio, que me sinto tão atraída pelo oposto. Mas a verdade mesmo, é que o Verão me traz sempre um ânimo novo!

Comentários

mãeee disse…
Então que te beije o sol todos os dias ... mereces :)
Pretty Flower disse…
Teho a certeza que o sol vai aparecer e u lhe vais mostrar o teu melhor sorriso... esboçando-o nos teus lábios...

*