sábado, 31 de outubro de 2009

Bolinhos e Bolinhós / Halloween

E hoje assim é por aqui, o clássico 2 em 1, unir tradições nossas com tradições de fora.
De cá vem a canção, de lá a abóbora, bruxas e outros que tais, mas o importante é mesmo fazer a festa  ;)

Bolinhos e bolinhós
Para mim e para vós
Para dar aos finados
Que estão mortos enterrados.

À porta da bela cruz, truz, truz…

A senhora está lá dentro
Sentada num banquinho
Faz favor de vir à porta

P’ra nos dar um tostãozinho ou um bolinho.

 
Se derem canta-se:
Esta casa cheira a broa aqui mora gente boa.
Esta casa cheira a vinho aqui mora algum santinho.

Se não derem canta-se:
Esta casa cheira a alho aqui mora algum espantalho.
Esta casa cheira a pão aqui mora algum papão.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

MEDO

Na sequência destes dois últimos postes e não só, uma vez que o aproximar do fim de mais um ciclo também pesa, tenho pensado nesta vontade de mais um filho e nas dificuldades que temos tido.
Sim, eu sei, a idade não ajuda mas não pode ser só isso, a cabeça também conta muito e eu penso que aí está o maior obstáculo, no MEDO!
Depois da primeira perda conheci esse sentimento associado à gravidez, intenso, porque sempre o é quando significa perda, mas que ainda poderia ser escrito com letras pequeninas. Com a segunda esse dito medo cresceu, e de que maneira, mas ainda dentro de níveis "controlados", se isso é possível... A Matilde fez a diferença.
As primeiras 8 semanas demoraram eternidades, sempre à procura do mínimo sintoma, sempre a correr para a casa de banho só para ver se não havia nada mal, nada que não devesse estar lá. Valeram-me as ecografias de 15 em 15 dias, que me permitiam manter a ansiedade minimamente controlada. Às 10 semanas permiti-me descansar um pouco mais, tínhamos passado a barreira das 8 semanas e estava tudo bem. Depois vieram as 12 semanas, tudo continuava como devia e soubemos que íamos  ter mais uma menina. ACREDITEI!! Desta vez tudo estava bem, desta vez tudo ia correr bem e, no final, íamos ter um bebé no colo. Então chegaram as 16 semanas e com elas o inferno, apercebi-me que afinal ainda caminhava sobre o arame e que este, nalgum sitio, tinha quebrado, fiquei literalmente sem chão, perdida.
Sem opções, perante factos inalteráveis, o que nos resta? Apenas procurar "aceitar" aquilo que para nós é inaceitável... Nascem os "porquês" sem resposta mas que teimamos em manter, porque o "aceitar" não significa entender!
Às 21 semanas e 2 dias a Matilde partiu e, com ela, levou grande parte desse acreditar. Deixou o vazio e o MEDO, agora escrito com letras grandes, enormes. O medo de não ter forças para ultrapassar a ansiedade de, agora, 40 semanas de incertezas, o medo de não aguentar outra perda que, quero acreditar com todas as minhas forças, não voltará a acontecer, o medo de não conseguir combater este medo...
Não posso dizer que acredito que vamos conseguir novamente e tudo vai correr bem, mas quero desesperadamente acreditar que sim, que este sonho tem possibilidades de se cumprir e que eu serei capaz de combater o tal medo que não me permite avançar!

Ilustração de Rie Nakajima

Perda Gestacional na SIC

Aqui

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Maternidade IV

"Era engraçado como esta visão se tinha tornado necessária, de uma maneira tão súbita e tão radical. A partir do primeiro toque, o mundo inteiro tinha mudado. Onde antes havia apenas algo sem o qual poderia viver, agora existiam duas. Não havia qualquer divisão - o meu amor não tinha de se repartir entre os dois, não era isso. Era mais como se, naquele momento, o meu coração crescesse e aumentasse para o dobro do seu tamanho. Com todo o espaço suplementar já ocupado. O crescimento quase me causava vertigens."

Stephenie Meyer, Amanhecer


Vi aqui esta excelente descrição do que é o amor de mãe e não resisti...

Hoje


mais uma sessão destas!!



Fui...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

tanto 3 :D



segunda-feira, 26 de outubro de 2009

costas

A discartrose é um processo degenerativo que ocorre no disco invertebrado, em que este perde a capacidade de amortecimento pela redução na altura e pelo endurecimento das estruturas discais, causando dor no local afectado. 


E pronto, hoje a minha, dita incipiente, resolveu dar o ar da sua graça...

foi este fim de semana


que chegou a mudança da hora!

Não gosto desta, prefiro a outra...
Agora há que aguentar até Março ;)



Ilustração de Carla Pott

terça-feira, 20 de outubro de 2009

selinho

E mais um miminho aqui para o cantinho, vem da ADEK do Our Mad World.
Com ele chegam algumas perguntas, vamos lá a ver o que dá ;)




Mania: rodar o pé para adormecer
Pecado Capital:
preguiça
Melhor cheiro do mundo:
bebé
Se o dinheiro não fosse problema:
dedicava-me a 100% ao que gosto
História de infância:
ai! são tantas... tantas histórias para recordar... mas tão difíceis de contar em momentos menos inspirados... Bem, vem-me esta à cabeça, não porque me lembre mas porque muitas vezes foi contada!  Eu comia muito mal e um dia, num restaurante, depois de comer a sopa toda, virei-me para o empregado e, à procura do tão esperado elogio, perguntei: não diz linda a mim? 
Habilidade como dona de casa:
cozinhar
O que não gosto de fazer em casa:
limpezas
Frase preferida:
entre tantas outras, aqui vai esta de Ralph Waldo Emerson: Uma só semente contem mil florestas
Passeio para o corpo:
não sou muito dada a exercícios, é verdade, nada de ginásticas e afins, mas gosto de andar, por isso, cada vez que ando a pé, e é muita vez, pode-se dizer que é um passeio para o corpo.
Passeio para a alma:
qualquer passeio, em qualquer lugar, com as minhas "metades" :)
O que me irrita:
o despertador
Frases ou palavras que uso muito: 
"e lá está o corta-palha de fora", então, vá, lelé
Palavrão mais usado:
não sou muito disso mas às vezes lá sai um "porra" descontrolado ;)
Vou aos arames:
a mentira e a falsidade
Talento oculto:
não sei
Não importa que seja moda, eu não usaria nunca:
aqueles leggings apertadinhos com uma camisa e um cinto, parece-me sempre que alguma peça de roupa ficou esquecida :)
Queria ter nascido a saber:
tanta coisa...

Agora dou este selinho, e com ele o respectivo desafio, a todos os que fazem parte da minha lista, especialmente a uma certa Vaca na Lua. Amiga, quero ver lá o desafio respondido!!

cor

GREEN

You are a very calm and contemplative person. Others are drawn to your peaceful, nurturing nature.

Find out your color at QuizMeme.com!

domingo, 18 de outubro de 2009

EXISTO, Logo Danço


E assim foi ontem à noite!

Como diz o texto no programa:

Um espectáculo que em duas partes revela o crescimento e a descoberta através da Dança:
Poder ser tudo, exprimir desejos, ser forte, contar uma história, partilhar sentimentos, chegar mais além nas pontas dos pés, num braço elevado...

sábado, 17 de outubro de 2009

próximo investimento:

um curso de costura para a Mariana!!
É que isto destas coisas da agulha e do dedal, não é mesmo comigo!
Bem basta o que já tem que ser, agora coser fitas em pontas e outros que tais já é de mais!
Assim, na primeira oportunidade, a miúda faz um curso de costura!


E mais logo  há bailado ;) 

Foto de Sofia, aqui

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

;)


quinta-feira, 15 de outubro de 2009

porque hoje é hoje




Um dos objectivos da Associação Projecto Artémis é a criação de uma Efeméride - Dia Nacional para a Sensibilização da Perda Gestacional - a ser comemorado a 15 de Outubro.
Infelizmente, este ano ainda não poderemos ter esta data oficializada, já que ainda não atingimos o número de assinaturas viável a este passo.
No entanto, a associação não queria deixar passar este momento em falso e gostava de vos propor o seguinte gesto comemorativo:


Dia 15 de Outubro, quinta-feira, usar o laço já criado pela associação para este efeito, em memória dos filhos que guardamos no coração. O laço reforça a imagem de vínculo, nó maternal, familiar.
Pedíamos ainda que colocassem um pouco dessa fita ao peito e a carregassem pelo período que diz respeito ao dia 15 de Outubro.
Gostávamos que pudessem envolver familiares e amigos neste gesto.


Vamos divulgar a Perda Gestacional !
Link para assinarem a petição: http://www.petitiononline.com/Dia/petition.html

terça-feira, 13 de outubro de 2009

3 anos


segunda-feira, 12 de outubro de 2009

as voltas da vida...

Faz hoje três anos que, numa manhã quente de sol como a de hoje, saí de casa feliz. Esse ia ser um dia muito especial. E foi! Simplesmente não como esperava. Em vez de me aproximar do céu, conheci o inferno. Perdi um pedaço de mim.
Os acontecimentos desse dia trouxeram uma volta de 180º ao rumo da minha vida. O que até aí era importante, todas as certezas que tinha, tudo o que planeara para os próximos tempos, ficou por ali. As prioridades mudaram, as certezas acabaram. Fiquei presa a uma vontade, a um sonho, ou será antes a uma obsessão? Não sei, talvez um pouco de tudo.
Não sei se algum dia o cumprirei, quero acreditar que sim, que não precisarei de encontrar um basta dentro de mim, porque este sonho que acalento, que de alguma forma me fez seguir em frente, também me tolhe, também me impede de avançar por outros caminhos...

As coisas vulgares que há na vida
Não deixam saudades
Só as lembranças que doem
Ou fazem sorrir
  



Porque em cada momento a música me acompanha, esta foi a desses dias...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

sofrer por antecipação

é um dos meus muitos defeitos mas, como se costuma dizer, gato escaldado... e eu sou um "gato" muito escaldado, logo cheia de muitos medos, apreensões e outros que tais!
Lá fomos hoje para mais uma consulta de ortopedia com o coração apertadinho. A Mariana, como só se apercebeu hoje ao que ia, não por lho escondermos mas porque se confundiu toda com as consultas, quase não teve tempo para sentir o tal aperto, mas ainda me confessou o seu medo e eu, faz o que digo e não o que faço, lá lhe disse para não sofrer por antecipação, que tudo ia correr bem.
E correu!! Correu mesmo muito bem!
Não só a escoliose não evoluiu  como diminuiu mesmo qualquer coisinha, de 54º passou para 52,5º. Isto não significa propriamente uma regressão mas é indicador de que estabilizou, o que, para nós, são excelentes notícias. Agora só lá volta em Junho!
Vamos lá a ver se esta será o prenuncio de mais boas notícias, num mês que não me traz boas recordações... Outubro nunca foi o meu mês de eleição, tanto pelo prenúncio do Inverno que aí chega com os seus dias curtos, como pelo peso que adquiriu ao trazer uma viragem tão grande à minha vida...
Mas isso são outras histórias, outros acontecimentos, hoje não é dia para eles!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

de volta ao "mundo real"

Depois de 5 semanas de sol e terra, e algo mais como se pode ver aqui, estou de regresso ao "mundo real" e ao ritmo do dia-a-dia.
É bom estar de volta ao meu canto e ter as minhas "metades" por perto, fazem-me falta!
Mas não me apetecia o resto, o voltar à realidade, aos problemas e outros que tais do tal dia-a-dia.
Para começar em beleza, mais uma ida ao dentista, que não será, ainda, a última!
E amanhã... amanhã preciso, melhor, precisamos que torçam por nós, pois lá chega mais uma daquelas que me trazem um nó ao estômago...

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

sonhos

Esta noite sonhei com a Mariana e a Matilde.
Sabe bem, mas deixa umas saudades...