O Poder das Palavras...

Centro de Diagnóstico Anátomo-Patológico!
 
E foi apenas isto, no topo de um envelope que me era dirigido. Bastaram estas palavras para o tal clique, para chegar o aperto e o medo. Mas o que era isto? Da Matilde? Mas o quê ainda?
Está bem, faltava o envelope do hospital mas estava lá bem escrito: Centro de Diagnóstico Anátomo-Patológico!
Pois, mas afinal não era nada demais, esqueci-me que tinha feito a citologia e isto era apenas a factura...
Não era nada demais mas... mas disparou e, num momento, revivi tudo, o choque, a angústia, a perda, a dor, o desamparo, o vazio...
E chorei como ainda não tinha chorado por ela, por mim, por nós...
Meu Deus, será isto normal? Ou apenas significa que ainda não estou bem? Que ainda não estou preparada para seguir em frente?
Não sei... E será que quero saber?
Estou cansada, farta, exausta!

Neste momento só queria estar encostada a ti, no aconchego dos teus braços, nós os dois, que somos três, que somos seis...

Ilustração de Kelly Murphy 



Comentários

Lena disse…
Signfica que és humana!!!!!!!!!
Amiga quem perde um filho nunca esqece e nunca esta preparada...aprendemos a viver assim...com sorrisos e lágrmas E o medo aprende a andar de mãos dadas com a coragem e com o Sonho!!!!

BEijinho grande
Todos nós temos medos, temos receios, és uma mulher especial, suportas-te a dor de perder algo que faz parte de ti, e sempre fará, algo que te está nas entranhas, tal como a Mariana, tal como o Gui e o Gustavo estão para mim.

as coisas vão passando mas não esquecem.

Muita força, quero-te forte para o meu "sobrinho" que irá chegar, calculo eu, que nada sei, que quando menos esperares, quando não tiveres nem ai, ele vai aparecer :D

Um beijinho....

Ps. se calhar até escrevi coisas sem nexo nenhum, mas sabes que estou por aqui :)
Maria disse…
Beijinho grande às duas :)
E linda, não te preocupes com o nexo das coisas ;)
Martense disse…
Se até eu comecei a chorar quando comecei a ler a tua mensagem... quanto mais tu, que é a tua história, a tua Matilde.
O que vale é que chorar faz bem. Liberta as angústias presas lá dentro.
Beijo grande.
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.