quarta-feira, 31 de março de 2010

Famílias Numerosas

A minha é uma família numerosa, aquela de onde venho, pois somos três!
O engraçado de tudo isto é que tal nunca me passou pela cabeça, nem pela dos meus pais ou avós, ou mesmo pela de cada um dos meus primos e irmãos, pois as nossas são todas, ou quase todas, famílias numerosas, sendo por isso o facto de ter três ou mais filhos algo natural.
Vagueando por aí de blog em blog, fui-me apercebendo que a minha normalidade afinal não é a regra. Eu sei, já devia ter chegado a essa conclusão há muito, atendendo a tudo o que vamos observando e a toda a informação que vamos tendo, mas às vezes não é assim tão fácil ver o óbvio,  principalmente quando toda a realidade em que crescemos e com que convivemos é outra. Daí todo o meu espanto e sensação de descoberta, perante o facto de a minha ser uma família numerosa!

Só mais uma coisinha, nem sempre as famílias não numerosas são uma questão de escolha, às vezes simplesmente não acontece...

E agora vou ali a correr avisar a mana para se inscrever, é que ela não sabe mas a dela é uma família numerosa ;)

terça-feira, 30 de março de 2010

Não tem resultado...

 
Stop. Breathe. Allow yourself the luxury of doing nothing for a moment, or an hour, or even a day. It is in emptiness that inspiration will appear.

Carole Katchen

domingo, 28 de março de 2010

Domingo


E para terminar o dia, nada como um cineminha, seguido de um jantar agradável no meio da confusão e, por fim, o árduo trabalho da quinta ;)

Resultado: TPM controlada!!




 Nota: Parece que dona Teresa se encontra importantíssima, depois da aventura!!

Desabafos

Quando há assuntos que já nos chateiam; quando a paciência vai sendo curta para muita coisa; quando há coisas que nos deixam felizes mas, ao mesmo tempo, nos trazem lágrimas aos olhos; quando começamos a pensar: porque não a mim... Então, é melhor parar e mudar de assunto!

Dona Teresa caiu das escadas do beliche!
Resultado: três pontos no queixo e dona Pureza, assustada, a chorar num cantinho...

sexta-feira, 26 de março de 2010

Coisas da Miúda III


- Mãe, tenho saudades da avó como era antes, quando estava boa...








Ilustração daqui

quinta-feira, 25 de março de 2010

Ponto de situação!

Cá ando eu

assim









e assim








Tudo por causa de algumas destas malditas!!


terça-feira, 23 de março de 2010

Gostava de conseguir

mas...

domingo, 21 de março de 2010

Um mimo

para a miúda ;)

Porque ela é fã incondicional e a mim, apetece-me mimá-la!!

Primavera!

sábado, 20 de março de 2010

Maternidade V

A Primeira vez que olhei para o rosto da minha criança, não pensei: "a minha criança". Não reclamei nenhuma posse. Transportada pela fascinação para um lugar para além da ternura, fui respeitosa e séria, fui uma criatura ferozmente agarrada à vida a saudar outra, acabada de chegar. Então - pumba - desembrulhei o pacote completo: ternura, sim; espanto e expectativa, euforia e desespero; dor, e esforço e raiva e gratidão sem limites. A minha menina e eu fizemos tudo ao contrário, ao contrário e certo. Ela reclamou a posse. Eu é que nasci para ela. "És minha", gritou ela, com as mãos a estenderem-se para a minha cara, e nunca houve nada de mais verdadeiro.

(Marisa de Los Santos - Dá-me o Teu Amor)

sexta-feira, 19 de março de 2010

Pai

O dela!

O meu!

Um filho modifica a vida de um homem?
Modifica, claro. Em primeiro lugar, um filho devolve-nos a inocência perante a vida - as crianças inauguram o mundo em cada dia e ao fazê-lo ensinam-nos a vê-lo, novinho em folha, como se nós voltássemos a ser recém-nascidos.

(José Eduardo Agualusa - Um Pai em Nascimento)


Feliz Dia!!

3 Anos

Foste um sonho tornado realidade. Uma realidade fugaz mas profunda.
Chegaste cedo demais, não estava preparada e deixei-te voar...

Daqui até aí, hoje e sempre...
Um beijo do tamanho do mundo!
Ilustração de Gumball Grenade 

Ninguém pode imaginar o lugar que este meu filho já ocupava no meu coração e a mágoa que sinto por não lhe poder mostrar o mar e os bichos, os pássaros e a lua, os lagos e as nascentes...

(Rita Ferro - Desculpe lá, Mãe!) 

terça-feira, 16 de março de 2010

Posso porque acredito que posso! :)


Ilustração de Marie Cardouat

Muitos Parabéns Pureza!!


Um beijinho grande de parabéns, para um bebé especial!!

bjs grandes da tia :)

Muitos Parabéns Catarina!!

Surpresa!!!


Aqui ficam os votos de um dia muito feliz!!

bjs grandes

segunda-feira, 15 de março de 2010

Anxiety...


Um estado de alma que me cansa, que julgava já conseguir controlar, que me desvia do que realmente tenho que fazer!
Já lhe devia saber pôr um basta!!

domingo, 14 de março de 2010

Muitos Parabéns Sónia


Espero que tenhas um dia muito feliz e que este novo ano te traga muita coisa boa :)



bjs aqui da vizinha ;)

sábado, 13 de março de 2010

De chorar a rir!!









E um dia destes só podia terminar assim!

sexta-feira, 12 de março de 2010

Nuvens...

Há datas que, por um ou outro motivo, nos marcam.
São aqueles momentos que gostamos de recordar, que nos trazem memórias boas, cheias de cor e sorrisos, e são os outros, aqueles menos bons que nos perseguem e assaltam as lembranças.
Hoje não é um dia de boas lembranças!
Hoje revivi sons, sensações, angústias...
Hoje afogava-me nessas memórias que fazem doer e teimam em ficar, quando uma amiga, com quem não estava há tanto tempo, se lembrou que era um bom dia para um cafezinho e pôr a conversa em dia.
Falámos de tudo e de nada, num atropelar de assuntos, desabafos e confidências, e foi bom! A nuvem negra que se instalava foi-se tornando menos densa e o dia ganhou cor...
Obrigada amiga, pela oportunidade, pelo tempo, pela amizade!

A ver, se agora, não deixamos passar tanto tempo :)
Imagem de Marie Desbons

quarta-feira, 10 de março de 2010

Dream it anyway



You can spend your whole life building something from nothing
One storm can come and blow it all away
Build it anyway
You can chase a dream that seems so out of reach and you know it might not ever come your way
Dream it anyway

God is great, but sometimes life ain't good
And when I pray it doesn't always turn out like I think it should
But I do it anyway, I do it anyway

This world's gone crazy and it's hard to believe that tomorrow will be better than today
Believe it anyway
You can love someone with all your heart, for all the right reasons, and in a moment they can choose to walk away
Love 'em anyway

God is great, but sometimes life ain't good
And when I pray it doesn't always turn out like I think it should
But I do it anyway, I do it anyway

You can pour your soul out singing a song you believe in that tomorrow they'll forget you ever sang
Sing it anyway, sing it anyway

I sing, I dream, I love, anyway

Vi aqui e não resisti...

Muitos Parabéns Helena



Que tenhas um dia muito feliz!!

Espero que este seja o tal ano ;)

segunda-feira, 8 de março de 2010

Do fim de semana

Estes dias foram passados a norte.
Fomos ver a avó e aproveitámos para um programa a cinco.
Soube bem o jantar com a sangria doce e a conversa bem disposta. Gostei do Tim Burton e do Johnny Depp, mas a história da Alice continua a não me encantar...
Uma coisa é certa, este é um programa a repetir!

Muitos Parabéns Mafalda


Que este seja um dia muito feliz, cheio de coisas boas!

E todos os outros dias também ;)


Bjs grandes da tia :)


Ai meu Deus, 19 anos já!!!

sábado, 6 de março de 2010

Paternidade

Chegou-me assim às mãos, acabadinho de sair do "forno"!
Vi-o e não resisti à tentação, afinal não é sempre que podemos ter a perspectiva de um pai quanto a um acontecimento tão único nas nossas vidas.
Não desiludiu!

Aquela vida que irrompeu, assim, aos gritos, para dentro da minha, instalou-se entretanto nela com tal arte, e com tão sábia ternura, que não consigo já imaginar o mundo sem a sua presença.

(José Eduardo Agualusa)

sexta-feira, 5 de março de 2010

Concordo!

quinta-feira, 4 de março de 2010

Nunca pensei

que as saudades fossem tantas, que as recordações, assim de repente, trouxessem um misto tal de emoções.
Foi o aperto na garganta, as lágrimas a inundar os olhos, o sorriso parvo nos lábios e as exclamações: Olha esta! Olha aquela!
É assim quando elas chegam sem aviso, as saudades de gentes, de espaços, de acontecimentos, de um passado de outras vidas, tão distantes mas que, por um momento, se tornaram tão presentes.



Fotos "roubadas" daqui

Apeteceu-me

quarta-feira, 3 de março de 2010

Num dia 3...

Uma história de quatros!

Coincidências?

Ou não?

Lá, pelo novo sítio onde gosto de andar, dedico-me a algumas coisas engraçadas, como  tirar à sorte todos os dias a frase de um livro e o pensamento do dia. Hoje não foi diferente e, coincidência ou não, saíram-me as seguintes frases, uma atrás da outra!



- Às vezes é preciso ir ao fundo para depois subir melhor.

- Às vezes temos de bater no fundo para renascer. (Marta Gautier - "Tanto que eu não te disse")

...

segunda-feira, 1 de março de 2010

O telemóvel e eu

Sou distraída, confesso. Daquele tipo mesmo a caminhar para o caso sério. É o que dá andar sempre embrenhada nos meus pensamentos, com a cabeça a milhas de distância.
Um dia destes, procurava desesperada pelo telemóvel, quando me lembro de pedir à Mariana que ligasse, a ver se eu o ouvia e assim dava com ele. A miúda lá ligou e qual não é o meu espanto, quando a oiço rir à gargalhada e um: ó mãe, não era para atenderes!
Pois é, durante toda a minha busca desesperada, tinha o dito na mão e, mal toca, não faço mais nada, atendo!!
Hoje, ao sair de casa, toca o aparelhinho infernal, mas sem o qual já não podemos viver, era o home. Atendo, saio, fecho a porta e só lhe digo: bolas, esqueci-me do telemóvel!!
Bem, não é preciso dizer o que foi do outro lado...

O pior, é que tudo isto não acontece só com o telemóvel...
Ilustração de Ana Oliveira