terça-feira, 27 de julho de 2010

Week 16 - It's a Girl

Mais uma consulta, mais uma etapa ultrapassada!!
A Pulguinha está bem e recomenda-se. Já pesa cerca de 154g e tem as medidas todas ligeiramente acima da média, especialmente o fémur. O liquido amniótico está bem e a placenta como deve ser.
Podem parecer um pouco exagerados estes pormenores mas para mim, e nesta fase das 16 semanas, são extremamente importantes. É um alivio saber que é tudo diferente, que tudo está bem.
Entretanto confirmou-se e vem aí mais uma menina! O debate quanto ao nome mantém-se, embora um deles vá tomando vantagem.


Durante a eco, dona Pulguinha resolveu mexer uma pernita com mais vigor, facto visualizado por todos e sentido aqui pela mãe. Sua excelência também mostrou gostar de mexer os pezitos, o que deixou a mãe de sorriso grande, pois é "tique" partilhado por ambas ;)


Agora resta-nos aproveitar as férias que se aproximam e esperar pela próxima consulta, que corra tão bem como esta!

domingo, 25 de julho de 2010

Just Believe

Chegou na sexta feira e deixou-me imensamente feliz, de lágrima ao canto do olho, porque o senti como meu.
Há notícias que nos aquecem a alma de uma maneira especial e esta foi uma delas.
Amiga, just believe!!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

A miúda está doente!

Há uns dias que anda com dores de garganta e comecei a dar-lhe o brufen de 8 em 8 horas. Hoje sentia-se bem melhor, quando acorda a meio da noite cheia de dores de ouvidos. A solução foi urgências com ela, e bem aflita se sente que, ao contrário das costumeiras melhoras repentinas à palavra "urgências", a miúda se levantou rapidamente e vestiu-se mais depressa ainda!!
Foi com o pai, optei por ficar por aqui de coração nas mãos, porque pensei ser o melhor para a Pulguinha.
Está grande a miúda! Pois é, a nossa opção foi logo Pediátrico e teve sorte por ter lá consultas regulares, pois de outra maneira teria que ir para o Hospital, é que já tem 14 anos!!
Agora estou mais descansada. Telefonaram-me, já foram atendidos. A miúda está com o principio de uma otite e a mãe não se enganou assim tanto quanto ao tratamento a seguir. Ao brufen que já tomava e ao ben-u-ron como SOS, junta-se um medicamento para o ouvido, mas o que estávamos a fazer estava bem feito.
O pai enganou-se mais no diagnóstico, pois dizia que o problema era cera no ouvido!
Bem, agora é esperar que cheguem da farmácia, dar miminho à miúda e mete-la na cama, a ver se também nós descansamos mais um bocadinho.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Coisa rápida!!

Preciso de mimo!!


Era só mesmo isso ;)
E de uma Pulguinha aos saltos...

terça-feira, 20 de julho de 2010

Week 15

A Pulguinha tem andado preguiçosa e não sinto tantas piruetas. Sei que nesta fase é normal, ainda têm muito espaço e nem sempre os sentimos, mas ficava bem mais tranquila se fosse diferente. Sou uma stressada!!
O aproximar das 16 semanas e respectiva consulta, bem como a segunda fase do rastreio, também ajuda a este crescer da ansiedade. Mas cá no fundo sei que vai estar tudo bem!


Por cá continua o debate em busca de um nome, ainda não há consenso nem houve o tal "clic"...

domingo, 18 de julho de 2010

Barriga transparente!

Este é um daqueles dias em que não me importava de ter uma...

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Vá-se lá entender!

E quando as vizinhas de baixo resolvem começar uma sinfonia de gritinhos e risos histéricos, acompanhados de um aspirador e caminhadas em saltos altos, precisamente às duas da manhã?
E quando nos dizem que eu tenho que ter paciência, porque elas, coitadas, andam na sua vidinha e eu é que não compreendo, pois ando irritadiça???

Parece-me que ando mesmo num grau bastante grande de irritação, é que ainda não consegui compreender nem encontrar a tal paciência para o procurar fazer!



 (Ilustração de Ann Cha)

O país em que vivemos...

Já me tinham dito que era importante ter certos cartões no bolso. Achei que não seria tanto assim, quis acreditar que as coisas seriam diferentes mas enganei-me. Hoje confirmou-se, afinal as portas abrem-se apenas para alguns. E o que faz a diferença? Apenas e somente isso, ter um cartão no bolso e, de preferência, da cor certa!

Ah! E os "padrinhos", é preciso ter esse aspecto igualmente presente!!

quinta-feira, 15 de julho de 2010

terça-feira, 13 de julho de 2010

Hoje o número é 14!

E foi  também hoje, que senti as piruetas da Pulguinha! :)

 

 
Enquanto isso, a barriga vai crescendo. Sinal que a Pulguinha também vai crescendo e só pode estar bem!!  ;)

domingo, 11 de julho de 2010

Divagando

Isto vai andando parado por aqui. E porquê? Porque eu também ando assim, paradita e sem inspiração.
Primeiro foram os enjoos, de tal forma que só pensar em olhar para o ecrã me trazia uma náusea.  Depois o cansaço da anemia, realmente tive uma fase em que me arrastava de um lado para o outro e só estava bem a dormir.
Pelo meio de tudo isto foi estando sempre o medo e o acreditar. Estes os sentimentos que mais me acompanharam, e acompanham, nestes tempos. E para quê falar neles, para quê repisar tudo isso? Optei então por deixar ficar cá por dentro, porque a mim também não me apetecia, nem apetece, pensar muito nisso. Mas não pude deixar de reparar em diferenças no meu comportamento quanto à Pulguinha, comecei a falar com ela muito mais tarde, comecei a "pensa-la" também mais tarde. Porquê? Não sei, mas talvez para me proteger, o medo da perda é grande... Se resultou? Não, porque no momento em que apanhei aquele susto e pensei que a podia perder, gelei literalmente e compreendi que amo este meu filho tal como cada um dos outros filhos, desde o primeiro momento. Podemos fazer tudo para nos protegermos mas há coisas que nos ultrapassam, que não controlamos.
Acredito, tenho que acreditar, que desta vez vai correr bem e que as 16 semanas não vão trazer más notícias, só coisas boas.
E tal é a vontade de acreditar, que já comprei um fato-de-banho a pensar nas férias que aí vêm, a quatro!! ;)

(Ilustração de Rie Nakajima)

terça-feira, 6 de julho de 2010

Week 13

E aí chega ele, o segundo trimestre!!


A Pulguinha ainda não tem nome, andamos em debate aqui em casa. Já há algumas hipóteses mas nada certo por agora!

sábado, 3 de julho de 2010

Momento certo

Há uns meses, a propósito desta frase - O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você! -, escrevi o seguinte: E assim vou procurar fazer. Não vou correr atrás das minhas borboletas, vou cuidar do meu jardim para que elas, um dia, quando for o momento certo, venham cá ter!
E o momento certo chegou em Abril. Sem ajudas, ainda em período de pausa nos tratamentos, quando já não esperava nada e começávamos a pensar na hipótese de recorrer a uma FIV, apareceu o tão desejado POSITIVO, foi no dia 7 de Maio que voltei a ver as duas risquinhas num teste de gravidez.
Sempre pensei ser essa a notícia que mais queria dar aqui no cantinho mas afinal, quando chegou o momento, não foi assim... Não tenho um motivo particular ou mesmo qualquer razão para isso, simplesmente não aconteceu. Tenho-me perguntado muitas vezes "porquê?" mas não encontro resposta, foi assim e pronto!
Talvez todo o processo que fomos vivendo até aqui, especialmente nos últimos quatro anos, tenha sido responsável por este "guardar" para nós. Desta vez a miúda soube logo e ficou feliz,  mas também ela não foi rápida a espalhar a notícia. Se antes se apressava a contar a toda a gente, agora guardou para duas ou três pessoas.
No entanto, e como é natural, não resisti a escrever e fui registando tudo, mas não publiquei. Esses "escritos" estão em rascunho e serão publicados quando este post sair.

Daqui fica o quanto é importante não "baixar os braços" e saber esperar pelo momento certo, porque tudo tem o seu tempo para acontecer. Nem sempre é fácil, eu sei e como, mas, uns dias mais facilmente e outros menos, o importante é não desistir e acreditar sempre!

Porquê hoje? Também não sei. Talvez por fazer anos a Mariana e que melhor dia podia escolher?? 

14 anos! Já?!?

Ali estava o meu bebé, o meu milagre, tão grande e tão pequenino… Parecia um sonho, um sonho imensamente bom, quase precisei de me beliscar para ter a certeza que era verdade. Às vezes ainda sinto essa necessidade, quando a vejo crescer e desenvolver-se, aquele ser que veio de nós mas que, ao mesmo tempo, é tão diferente, tão único…

Um dia escrevi isto aqui no cantinho, e porque se mantém actual e as palavras hoje me falham, aqui fica de novo como testemunho de um amor tão grande que é impossível de definir...

Que estes 14 anos sejam especiais, como têm sido todos e como serão os seguintes!

Gosto de ti, para lá do infinito!


The first time ever I saw your face
I thought the sun rose in your eyes
And the moon and stars were the gifts you gave
To the dark and the empty skies, my love,
To the dark and the empty skies.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

No dia dois

Impera o dois!

quinta-feira, 1 de julho de 2010

E hoje alguém pensou

que eu e a miúda eramos irmãs!!!


Moral da história: miúda a crescer e mãe bem conservada ;)