terça-feira, 31 de agosto de 2010

Week 21 e dia de consulta!

A partir de agora as consultas passam a ser à tarde, pois serão divididas entre o D dr. L. nas ecografias e a Dr. C. na consulta propriamente dita, também ela foi cinco estrelas!
Quanto à pulguinha Gabi, está tudo bem com sua excelência. As medidas estão todas de acordo com a idade gestacional, está no percentil 50, já pesa cerca de 300g e tem boa vitalidade.
A mãe portou-se mal nas férias e engordou mais do que devia, já só faltam 2kg para chegar ao que tinha no final da gravidez da Mariana, uma desgraça!! Continuo com o utrogestan por mais 15 dias, o cartia irá até às 35 semanas, o ferro e o folicil vão até ao fim e o nausefe já ficou pelo caminho. Chegou a altura de fazer a maldita análise da glicémia, ai que ainda me lembro do mau estar que aquilo dá... Mas pronto, de meados do próximo mês não pode passar.
Desta vez não há foto da pulguinha. A eco foi bem pormenorizada mas o Dr. L., como homem e técnico, deu-me quatro fotografias todas elas muito ilustrativas mas nada fotogénicas!! Pois é, tenho o perimetro abdominal, o perimtro cefálico, o fémur e mais uma medida cefálica...
Agora voltamos em Setembro para mais uma consulta, mas antes ainda lá fazemos mais uma visitinha para mostrar a Gabi à mana. Pode ser que então traga uma foto bonita da pulguita ;)


E os movimentos aumentaram mesmo, pois além de já os sentir bem, sua excelência, Dª Gabi, também andou a fintar o Dr. L., que lhe queria ver a mãozinha e  ela resolveu brincar às escondidas com ele!!!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Encontros, desencontros, reencontros e despedidas

A vida é feita um pouco de tudo isto, e são também estes encontros, desencontros, reencontros e despedidas, que vão construindo as nossas memórias.
Este fim de semana foi tempo de despedidas, das mais difíceis porque definitivas.
Sexta feira acordou-nos com a noticia da partida da avó L.
Não foi fácil para o A. dizer o ultimo adeus à mãe, não foi fácil para a Mariana ver partir a avó com quem tanto se identificava, não foi fácil para mim ver o sofrimento deles, dar-lhes apoio e ao mesmo tempo dizer adeus a alguém que tinha um lugar tão importante no meu coração.
Pode-se dizer que a avó L. era uma pessoa especial, com uma personalidade muito própria e uma maneira de estar na vida muito dela. Quero guardar na memória aqueles momentos bons, aqueles momentos em que a vi feliz, como quando teve a Mariana pela primeira vez no colo e os olhos lhe brilhavam com um misto de felicidade e amor. Foi este o olhar que sempre teve para os netos e é assim que a quero guardar na memória e no coração!
Que descanse em paz! S.T.T.L.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Week 20 e chegámos ao meio!

Metade da gravidez está cumprida! Chegámos até aqui com muita coisa boa pontuada por alguns sustos. Os receios, a ansiedade, sem contudo deixar nunca de acreditar, fazem com que sinta que não tenho aproveitado tudo desta gravidez. É mesmo assim, depois das perdas não é fácil encarar uma gravidez de animo leve, o medo vai-nos acompanhando sempre, até ao dia em que tenha este bebé nos braços!
Este "meio" de gravidez é sempre relativo. Ainda não sei como ou quando a pulguinha vai nascer, é assunto que ainda não foi falado e discutido com o médico, pois tudo tem o seu tempo e outros aspectos, não menos importantes, têm sido prioritários. No entanto, e se assim for possível, gostava muito que esse dia fosse aquele "escolhido" pela Gabi, tal como aconteceu com a mana Mariana. Mas até lá ainda temos tempo! De qualquer forma é bom sentir que já posso pensar nessa nova etapa...















 Mas este dia não é importante só pelas 20 semanas da Gabi, este era também o dia em que a Matilde, se a vida tivesse querido de outra maneira, teria cumprido as suas 40 semanas. Embora a sua curta existência tenha terminado noutro mês começado por "A", não consigo deixar de pensar sempre que este seria o dia da Matilde.
Não a tive no colo mas ganhei um anjo que, lá onde estiver, tem olhado por nós e, principalmente, pela mana Gabi!

Filha, estás e estarás sempre no coração da mãe! Um beijo daqui até aí, hoje e sempre...

A mana também não se esqueceu, foi-se embora dizendo: "mãe, terça feira a Matilde fazia 2 anos!"

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Um dia de cada vez, ACREDITANDO sempre!

Partimos para férias na incerteza do resultado do rastreio. Sabíamos que ele chegaria por esses dias e fomos com a promessa do Dr. L., que telefonaria assim que o tivesse. Adiou alguns dias esse telefonema, não nos quis estragar as férias todas, mas houve um dia que teve que ser mesmo, é que deu positivo para trissomia 21 na percentagem de 1/350, e havia que fazer a amniocentese.
Foi o desespero, não queria mas chorei desalmadamente. Não era possível, não conseguia passar por tudo outra vez e, principalmente, desta vez não conseguia tomar a mesma decisão.
Falámos muito sobre as possibilidades que se nos deparavam, afinal ainda nada estava perdido, pois o rastreio não dá certezas apenas probabilidades. Como nos tinha dito o Dr. L., havia esperanças, cerca de 80% de possibilidades de tudo estar bem e as ecografias nunca mostraram qualquer problema. De qualquer forma ficou logo ali decidido que, fosse qual fosse o resultado, a gravidez iria até ao fim!
Dia 18 chegou e com ele a amniocentese. Havia a dúvida se a faria ou não, afinal estava decidido que a Gabi ia nascer desse lá por onde desse. Valeria a pena correr o risco? Falei com o médico que ia fazer o exame, pode-se dizer que o "massacrei", e no final optei por fazer, apenas para ficarmos a saber com o que contar... Mais uma vez tive muita sorte com o médico, explicou-me tudo o que se estava a passar, todo o procedimento e desta vez vi tudo. No final gastou um tempo a mostrar-me a pulguinha Gabi, lá estava ela toda contende nas suas actividades, e se dúvida houvesse lá se saiu ele com um: "é mesmo menina, que não se vê nada entre as pernas!"
Depois seguiu-se o descanso obrigatório e a espera. Mesmo de decisão tomada, há sempre aquela angustia e ansiedade que não nos largam. Cá no mais fundinho de mim sabia que tudo estaria bem mas... e há sempre um "mas", pois o medo é um companheiro feroz!
Hoje chegou o esperado telefonema logo pela manhã, e ouvi da boca do Dr. L. as palavras que mais queria ouvir: "ESTÁ TUDO BEM COM O BEBÉ!!" Foi quanto bastou para esquecer tudo o resto e as mil e uma perguntas que tinha para lhe fazer (não tantas assim, pronto, mas algumas havia...), ficou apenas uma vontade baralhada de rir e chorar ao mesmo tempo!!
Não tenho as palavras certas para exprimir o que vai aqui por dentro. É nestas alturas de emoções intensas que se atropelam, que elas resolvem falhar. Apenas posso dizer que estou, ESTAMOS imensamente FELIZES!!!


Aqui fica Dª Pulga Gabi, aconchegadinha no seu ninho, no dia da noticia do rastreio

domingo, 22 de agosto de 2010

Lá foi ela

A mala pronta e à porta desde ontem, à espera da partida para mais uns dias de boa vida. Hoje lá foi a miúda toda contente, sempre dizendo que ia ter saudades e todas essas coisas do costume. Sei que sim, que algumas terá, mas o importante é que se divirta!

Eu é que já lhe sinto a falta!!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Para hoje


Just believe!!!

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Das Férias :)

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

A culpa foi das férias!!

Pois é, por culpa delas escaparam aqui as 18 e as 19 semanas!
Bem, as 18 já lá vão com muitos bons momentos e outros menos bons. Às 19 chegámos ontem e espero que terminem com boas notícias...
Entretanto a barriga foi crescendo e a Pulguinha Gabi foi dando sinal de si. A mãe não resistiu e comprou-lhe as primeiras coisinhas.

Aqui fica uma recordação das 18 semanas. Nesse dia andávamos por estes lados, cumprindo a tradição de lançar a moedinha à Fonte de Trevi, é que queremos voltar!!


O dia de hoje vai ser um dia importante, em que espero tudo corra bem. Os dias que se seguem serão de espera, carregados de alguma ansiedade. Não muita, não demasiada, é que a decisão está praticamente tomada seja qual for o resultado, mas acredito que tudo irá bem!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Week 17 e um nome!

Não é o que a mãe primeiro pensou, mas como estas decisões têm que ser tomadas a três houve que mudar de ideias.
Pela cabeça da mãe ia Benedita já há muito, a miúda nem quis ouvir falar nisso!! O pai gostava de Constança e aí mais uma vez a miúda se insurgiu, é que Constança é a mãe e pronto!! Da parte da miúda chegaram algumas ideias, Marta era uma delas, mas desta vez foi a mãe que não quis, vamos mudar de letra, mais "M" não!! Surgiu então a ideia de GABRIELA, um nome de peso, o da minha avó, uma lutadora com uma imensa vontade de viver, uma guerreira que nunca baixou os braços, uma amiga sempre presente, sempre cheia de uma autoridade muito própria mas também de uma imensa ternura. E foi este o nome do consenso. É um nome especial para uma bebé também muito especial.


Escusado será dizer que a bisavó ficou feliz com a lembrança!!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Quase, quase!!