Week 35 - Está grávida de 35 semanas – já só faltam 35 dias!

Isto, claro, se chegarmos às 40 semanas...

Se por um lado acho que deve ser D. Gabi a decidir quando quer sair do quentinho da mãe, para vir experimentar as novidades cá de fora, por outro queria que fosse já, enquanto sei que está tudo bem!
Coisas de mãe com muitos "fantasmas" às costas...


O bebé

Na sua maior parte, o desenvolvimento físico está concluído. :)

O bebé está a ficar grande. Pesa um pouco mais de 2,200 kg e tem quase 46 centímetros de comprimento, da cabeça ao calcanhar.
Naturalmente, ainda está enroscado dentro de si: está a ficar tão apertado no seu útero que o bebé já não está na verdade a flutuar e já não é provável que consiga dar grandes voltas. Mas um espaço mais confinado não significa que se mexa menos; o bebé deverá continuar a dar pontapés com a mesma frequência de sempre. E dá, que a mini miúda gosta de se fazer sentir!!! E a mãe não se importa nada ;) Se notar uma redução dos movimentos, fale com o seu médico. Os rins do bebé estão agora totalmente desenvolvidos e o fígado consegue processar alguns resíduos.
A maior parte do seu desenvolvimento físico está agora concluída – as próximas semanas servem apenas para ganhar peso. O bebé entenda-se, que não a mãe!! 


A mãe

O útero – que já está encostado às costelas – tem um volume cerca de 15 vezes superior ao inicial e pode sentir que o seu corpo deixou de ter espaço suficiente! Aiiiiiii!!! Se pudesse espreitar para dentro do útero, veria que há muito menos líquido amniótico e o bebé está maior. O seu útero em forma de balão está também a encostar à parede todos os outros órgãos internos e é provavelmente por isso que tem de ir mais vezes à casa-de-banho e que tem azia e outros problemas do foro digestivo. Pois, maldita azia!!! Se não sentir nenhum destes problemas, é uma das poucas sortudas. Não sou mesmo uma das poucas :( 

Porque sinto que pareço uma pata a andar?
À medida que a data de termo se aproxima, as cartilagens moles da pélvis ficam mais flexíveis e começam a alargar, de modo a que o bebé consiga passar mais facilmente pelo canal de parto. Devido a esta expansão, a grávida começa a baloiçar ao andar, explica Carolyn Sampselle, professora de enfermagem na universidade de Michigan. Hummm... então já devia ter o tal andar na gravidez da Mariana, eu é que não me terei apercebido... O encaixe do bebé, quando o bebé adopta uma posição mais baixa na zona pélvica antes do nascimento, também pode provocar este baloiçar característico. Algumas mulheres sentem o encaixe várias semanas antes do nascimento do bebé.

Informação aqui e aqui!

Comentários

Ana disse…
tens uma barriguinha tão linda :)
Ana Cravo disse…
Tá gande...falta pouquinho:)
Cristina disse…
Quase, quase...

Cá em casa o Rui chama-me foca, por causa do andar...eheh!Imagino quando eu chegar às 35s.

Beijinhos