No começo de um novo ano

Aqui ficam alguns registos para mais tarde recordar.
Também esta passagem de ano foi diferente, cá por casa pela primeira vez. Mas ao contrário do Natal não fomos só nós, também estiveram os meus pais e a Madalena, que sempre que se lembrava corria a dar um beijo na barriga.
D. Gabi foi espertalhona e mantém-se na barriga da mãe, é que, chegando a Janeiro, ganhou um ano de brincadeira!
E pronto, depois de uma semana com todos cá por casa, dias estes que me trouxeram mais calma, voltei ao ritmo de ficar por aqui sozinha. Diz a miguita que será por pouco tempo, que entretanto já tenho a Gabi, mas o que me "assusta" é mesmo estar sozinha nesse momento, quando tudo acontecer. E depois, esta gente, às vezes, prece que não sabe para que serve o telemóvel, e vá lá de não ouvir nadinha!!!  Desta vez precisava mesmo de um dia certo...

Comentários

Pipa disse…
Pois... agora é que já apetecia que ela saísse não é?
Já não deve faltar muito...
Beijocas e uma hora pequenina!
Rosalino disse…
Será pelo dia de Reis?
Meu Pai dava muita importância á Festa de Reis por ser a primeira Festa do Ano. Espero que seja para quando for, tenhas uma horinha boa.

Deve estar a aguardar para não ser prejudicada nas prendas. Se fosse pelo Natal lá iam as pessoas juntar presentes para poupar :).
Assim esperta não dá hipótese.

Rosalino
Vaca na Lua disse…
Ai! Eu estou agarradinha ao tlm!