sexta-feira, 29 de abril de 2011

Dance!


A Dance For One. from LOVER® on Vimeo.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Agora que está quase a terminar

Aqui chegam as notícias do dia.
Fomos conhecer o novo Hospital Pediátrico e experimentar as novas instalações. Pode-se dizer que são bem melhor do que as velhinhas mas, como novas para nós, lá andámos ás voltas, às vezes pelos caminhos mais compridos, em busca do que queríamos. Lá fizemos o percurso habitual, agora tudo no mesmo edifício: consultas externas para dar entrada - imageologia para o rx - consultas externas esperando que nos chamassem para o passo seguinte - ortopedia onde foi espera e mais espera até que, finalmente, lá chegou a nossa vez.
Resultados: a escoliose não se agravou e a curvatura continua nos seus 58º, o rx mostrou que a coluna não crescerá mais e, por isso, a miúda não passará do seu 1,50m. Perante este cenário, estávamos em momento de tomar decisões, não esquecendo que, até aqui, a cirurgia continua a ter um objectivo essencialmente estético.
A miúda já se tinha decidido e optou por ser operada. Pai e mãe, embora cheios de medo, apoiam-na a 100% seja qual for a sua decisão. Médico acha ser esta a melhor decisão, agora apenas pelo aspecto físico mas, mais tarde (a muito longo prazo) para a manutenção da qualidade de vida da Mariana.
Embora agora seja apenas a estética que está em questão, este é um aspecto importante pelo que significa psicologicamente. Nestas idades não é fácil ser diferente e, principalmente, não é fácil ser excluído. A Mariana até lida muito bem com o problema que tem e com a deformidade que daí advém mas, e há sempre um grande MAS, existem os outros e, entre estes, há os que encaram tudo com naturalidade e há aqueles que a excluem apenas porque usa um colete ortopédico, porque, de alguma forma, é diferente.
Ela diz que não se importa, que gente assim não vale a pena e que, afinal, tem muitos e bons amigos que realmente o são de verdade. Mas nós sabemos que não é bem assim, tudo isto marca e, geralmente, não o faz da melhor maneira.
Agora esperamos pela próxima etapa: nova consulta em Setembro, acompanhada de rx, e a experiência de uma ressonância magnética pelo meio.
Hoje não se adiantaram pormenores quanto à cirurgia, ficará, provavelmente, para a consulta de Setembro. De qualquer forma viemos mais leves, se assim se pode dizer, a decisão está tomada e acreditamos ser a melhor para a Mariana, mas que gostava de saber o resultado antes, ai isso gostava!!!


A mini esteve bem na sua nova experiência. A miguita sobreviveu sem grandes mazelas. A mãe sentiu falta da pulguinha... ;)

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Dia comprido...

... o de amanhã.
Dia de médicos e novas experiências.
Amanhã, pela primeira vez, vou ficar longe da minha mini por umas hotitas. Sei que vai ficar em boas mãos mas, desculpa lá miguita, é a primeira vez e isso deixa a mãe de coração pequenininho. Provavelmente a mini nem vai notar, ou então, tal como a miúda, vai dizer que foi muito mais "fixe" do que com a mãe!!! ;)
Pois, mas amanhã a mãe tem que estar a 100% com a mana, não que não tente estar sempre a 100% para as duas (o que por vezes não é fácil, porque afinal sou apenas humana). Amanhã é o chamado "dia D", o dia em que ficará decidida a provável cirurgia às costas da mana e isso assusta-me. Este será o cenário mais certo, até porque a miúda assim o quer, e amanhã não se passará nada para além da consulta normal e do registar que se avança nesse sentido, por isso não devia estar nesta ansiedade, com o coração assim apertadinho, mas não consigo controlar, afinal será este o marco, o que separa o antes e o depois.
Ai! Coisas complicadas que até a mim me custa entender, quanto mais explicar!!! Enfim, fica que estou angustiada, cheia de medo e de coração apertado, só queria conseguir apoiar a miúda e saber estar lá para o que ela precisar, não é fácil...

Para descontrair :)

terça-feira, 26 de abril de 2011

O meu anda assim...

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O tempo passa

E já lá vão 3 anos de cantinho ;)

domingo, 24 de abril de 2011

Do home...

E hoje disse-me ele, com toda a convicção:

- Depois de fazer o café pus os biberons a fertilizar!!!

Ok...

Boa Páscoa para todos!


Imagens do Google

sábado, 23 de abril de 2011

Leia!


Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor
Ilustração de Mónica Carretero

sexta-feira, 22 de abril de 2011

E hoje é bebé...

O home cá de casa!!!

Muitos Parabéns!!!!


quarta-feira, 20 de abril de 2011

Importante!


Porque há momentos em que as acções valem mais do que as palavras...

Imagem encontrada no leilockheart

terça-feira, 19 de abril de 2011

O maior concurso do mundo

Um dia você foi inscrito para participar do maior concurso do mundo, da maior corrida de todos os tempos. Acredite, você estava lá!
Eram mais de quarenta milhões de concorrentes. Pense nesse número. Todos tinham potencial para vencer e só um venceria. Será que você era mais um número na multidão ou tinha algo especial?
Analise quais seriam as suas chances. Zero, zero, zero, zero, zero, zero, zero, zero, quatro (0,000.000.04). Você nunca foi tão próximo de zero. Suas chances eram quase inexistentes. Tinha tudo para ser mais um derrotado, tinha todos os motivos para ser um grande perdedor. Qualquer um acharia loucura participar dessa corrida. Mas você participou e ainda achava que iria vencer.
Talvez fosse melhor desistir e se conformar com a derrota. Mas você era o ser mais teimoso do mundo, sua garra era incrível. Por isso jamais admitiu recuar. A palavra desistir não fazia parte do seu dicionário genético. Por quê? Porque, se perdesse essa corrida, perderia o maior prémio da História. Qual?

A VIDA

Que disputa era essa? A disputa do espermatozóide para fecundar o óvulo. A corrida pelo direito de formar uma vida. Talvez você nunca tenha imaginado, mas já participou da mais excitante e perigosa aventura da existência. (…) É incrível, mas você venceu! 

(Augusto Cury - Você é Insubstituível)


segunda-feira, 18 de abril de 2011

Dias bons, dias de Sol

Selinho em falta

Já lá vão uns dias que este selinho chegou, dado pelo Rosalino do blog Meu filho do coração. Muito obrigada :)



Como todos os selinhos, este também traz as suas regras:

1. Exibi-lo no blog;
2. Apontar o blog pelo qual recebeu o selo;
3. Escolher outros blogs a quem deve oferecer o “Selo Blog Pop”.

Sou sempre muito má nesta coisa da oferta de prémios, por isso cá fica para quem quiser e se sinta merecedor ;)

sábado, 16 de abril de 2011

3 anos...

Ontem que adormeceste...
Hoje que voaste...

Um beijo minha filha, daqui até aí, a essa Nuvem M. onde gosto de te imaginar feliz e perfeita, porque os anjos são perfeitos!



Without you now I see
How fragile the world can be
And I know you've gone away
But in my heart you'll always stay

(Katie Melua - I cried for you)

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Olá meu amor pequenino

Tantas saudades minha querida!!! Porque as tenho sempre, apesar das manas. Sim, elas são importantes, muito, tanto, mas tu também me fazes falta, tanta, tanta...
Ainda me dói tanto meu amor, mas tanto, o não ter sabido, ou podido, tomar conta de ti, proteger-te, fazer-te feliz.
Dói-me o vazio que sinto de ti, do teu calor no meu colo, do teu cheirinho de bebé, de tudo aquilo que sonhei fazer contigo e nunca vivi.
Queria dizer-te tanta coisa...
Como serias tu? Não te vi fora da minha barriga, faltou-me a coragem. Perdida entre o querer e o não querer, o medo do que podia ver e a vontade de te guardar intacta, como te via nas ecografias, deixei passar o momento e a última "imagem" que tenho de ti é de sensações, é de outros.
Nunca esquecerei o momento em que te senti escorregar de dentro de mim e o vazio que se instalou. Nunca esquecerei a imagem da enfermeira a espreitar para dentro do lençol que te apanhou, pedindo-me desculpa por ter sido assim, sem tempo para mais, e eu desculpando a culpa que ela não tinha, consolando-a enquanto me sentia inundada por sensações contraditórias, baralhadas, e tão vazia. Não estava preparada para te deixar ir...
E... minha querida, a mãe decidiu certo? Sim? Sim?...
Não sei... Quantas vezes sinto a dúvida assaltar-me... Chega de mansinho e instala-se, enchendo-me o coração de angústia.
Ai querida, não era isto que eu queria! Lá estou eu nas minhas divagações, quando a minha intenção era apenas dizer que me fazes falta, que te amo muito.
Gosto-te minha filha, minha Matilde. Gosto-te muito, tanto, para lá do infinito!!
Beijos cheios de saudade daqui até aí...
Mãe

quinta-feira, 14 de abril de 2011

E o que me apetecem!!


Mas era mesmo aquelas grandes, saborosas e bem vermelhinhas, que cresciam no jardim da minha avó...

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Cada vez mais fãs!

Mini e mãe estamos cada vez mais contentes com o uso do sling.
Hoje experimentámos uma posição nova e lá fomos buscar as notas da mana. A mini gostou tanto que foi choradeira quando saiu do ninho!


Quanto às notas, não houve surpresas :)

domingo, 10 de abril de 2011

Aproveitando o Sol :)


Um dia sonhei, ver-te dormir e ficar a sonhar contigo...

E o dia chegou :)

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Há um ano...

Era assim. E eu só queria que passasse rápido, para voltar a pensar em soluções, tratamentos e talvez uma FIV (ideia que cada vez tomava mais força). Por isso descansei, não pensei e aconteceu Gabi!!!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Ufa!!

Diz que filhos de mulheres mais velhas são mais saudáveis!

Menos uma preocupação ;)

Da crise...

Não vivo alheada do que se passa à minha volta, tenho consciência desta crise há muito tempo e essa consciência faz-me temer pelo futuro das minhas filhas.
A elas apenas podemos fornecer "armas" para o seu futuro: princípios, educação, consciência social e amor, muito amor.
Quanto ao resto, apenas para dizer que acredito no meu país, acredito que conseguiremos ultrapassar mais este obstáculo. Claro que nos custará muito trabalho e sacrifícios, mas acredito que chegaremos lá. Assim o queiramos...

terça-feira, 5 de abril de 2011

Desafio + selinho

Chegou mais um, directamente da vizinha amiga do T3.
Bem, não sei se os registos desta cantinho serão propriamente mágicos, mas aqui fica o selinho, este sim muito mágico!



Vamos então ao desafio:

1º Colocar em negrito o que são verdades sobre mim:

1 - Eu não acredito em signos

2 - Meus pais são separados

3 - Eu amo futebol

4 - Eu tenho mais de 12 anos

5 - Amo cantar (mas desafino!!!)

6 - Sou tímido(a)

7 - Sou fã de Rock

8 - Odeio falar ao telefone (exceptuando raras pessoas, não gosto mesmo)

9 - Amo ler

10 - Adoro escrever

11 - Tenho ciúmes dos meus amigos

12 - Acredito em Deus

13 - Odeio matemática

14 - Amo filmes românticos (especialmente comédias, porque me deixam bem disposta)

15 - Não posso ver sangue

16 - Sou bipolar

17 - Adoro tomar banho de chuva

18 - Adoro descascar esmalte da unha

19 - Não sei que profissão seguir

20 - Amo crianças

21 - Odeio falar em público (mas às vezes tem que ser...)

22 - Sempre choro assistindo Marley e eu

23 - Sou viciado em Blog e Twitter

24 - Tenho relações mentais com famosos

25 - Amo meninos loiros

26 - Tenho um ídolo da música

27 - Eu não me acho bonito (a)

28 - Adoro dançar

29 - Eu não sou normal (há quem diga que não ;))

30 - Música é minha paixão (não a única mas não passo sem ela)


2º Indicar 5 pessoas para oferecer o selo...

Só 5?? Não é fácil, e como sou preguiçosa, deixo-o a quem passar por aqui e o quiser levar ;)

segunda-feira, 4 de abril de 2011

3 = 12

Três meses de Gabriela, no mês em que faz um ano de vida.
Uma vida muito desejada mas que chegou quando menos esperávamos, e que foi crescendo e desenvolvendo-se ao ritmo dos medos, esperança e alegrias da mãe e de todos que acompanharam esta caminhada  fantástica.
Agora, chegada a estes 3 = 12, a Gabriela ainda me enche de espanto. Um espanto bom que me traz lágrimas aos olhos, de tanto que dói este amor maior, que é o meu por elas.

Sinto-me abençoada por poder viver este sonho maravilhoso mas muito real!!

Obrigada!

domingo, 3 de abril de 2011

Só para recordar :)

Hoje a mini rolou!!!

Foi um acaso, eu sei, mas pronto, registei ;)


Adenda: Acaso ou talvez não, pois a mini repetiu a proeza!

sábado, 2 de abril de 2011

Um dia a assinalar

Não podia deixar passar este dia, eu que sou uma apaixonada por livros de todos os géneros e, confesso, gosto muito de livros infantis. Era sempre um momento especial, a escolha de um livro com a Mariana e depois saborearmos a história juntas. Bem, ainda gosto de escolher livros com a miúda, agora já não os saboreamos juntas mas ainda os discutimos.
Vou-me preparando ansiosamente para a próxima etapa e voltar a fazer o mesmo com a Gabi :)


 Este é de 2009 mas gosto especialmente dele.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Coisas de adolescente

A prima trouxe-lhe, de Londres, uns assim. Claro que a miúda delirou, de tal forma que já nem há outra escolha possível para calçar. Mas confessou que se tivesse sido a mãe a dar-lhos, provavelmente não lhes acharia muita graça. É que o facto de virem de Londres, e ainda por cima escolhidos pela prima, faz toda a diferença!!!

Nada de que eu já não suspeitasse ;)