quarta-feira, 29 de junho de 2011

Uma visita surreal

Pode-se descrever assim a ida da mini à consulta dos 6 meses, no Centro de Saúde.
Tudo foi uma autentica anedota, desde a enfermeira à médica nada escapou.
Como a minha médica está de baixa prolongada, tenho, e agora temos, andado de substituto em substituto. Quando a mini foi ao Centro de Saúde fazer o teste do pezinho, marcaram logo a primeira consulta lá e, embora já tivesse consulta igualmente marcada no pediatra da mana, optei por ir aos dois sítios. Adorei a médica de lá mas... acabou! Pois é, tudo o que é bom tem um fim rápido. A médica terminou o seu tempo de apoio à extensão e foi substituída por outra, que hoje conheci. É simpática a senhora, não posso dizer que não, mas fica por aí...
Enfim, foi tudo surreal, desde o início com a enfermeira, passando pela observação feita na marquesa da ginecologia, por ser a outra demasiado baixa para as costas da sra. dra., até à saída rápida da consulta, assim em jeito de telenovela, onde a história se vai arrastando para depois ter um final abrupto. De tal forma que ainda lhe perguntei, algo incrédula: Mas já está tudo? Não há novas indicações? Ao que me respondeu que não, está tudo bem com a criança, por isso pode ir e volte só em Outubro. Ok, pensei, mas ainda insisti perguntando como era da alimentação... Pois, que isso devia ter sido a enfermeira a dizer-me, se não disse paciência, volte em Outubro e vá-lhe dando uma bolachinha Maria desfeita em papa, claro que usando o leite adaptado!!!
À saída o meu pensamento era só um, se não tivesse pediatra particular e consulta como deve ser marcada para amanhã, ia rapidamente à procura de um!!

Até pode fazer rir esta história mas é triste. É triste por quem não pode mesmo recorrer senão ao SNS. É triste porque esta consulta, e como ela tantas outras que de consulta apenas têm o nome, é paga por todos nós. Sim, é certo, não larguei um cêntimo ali hoje mas pagamo-la de qualquer forma com aquilo que descontamos nos impostos...

6 comentários:

Xana disse...

Que situações tristes estas! É inacreditável a forma como as pessoas são tratadas no SNS! Mal de quem não tem mesmo alternativa...
Nós desde que mudámos de casa ainda não percebemos se ao mudarmos a morada nos documentos isso muda também o centro de saúde e ninguem nos sabe esclarecer! A sorte é que podemos pagar alternativas...
Isto é cá um país...
Um grande beijinho grande para a ti, para a mana e para a mini.

disse...

é surreal pois!!
entao até outubro a gabi so iria comer bolacha maria esmagada no leite?!
panca mesmo a tal dra...

Sophie disse...

surreal mas verdadeiro...aconteceu exactamente o mesmo há 2 anos com o Martim. Até aos 4 meses foi seguido no SNS e como acabou o tempo de apoio ao SNS foi encaminhado para a minha medica de família que nunca deve ter visto um bebé a frente. Acabei por ir para o particular,. Não é justo pq não deveria ser assim...

agora desta gravidez a minha medica está de baixa por tempo indeterminado...e ando eu a saltar de medico para medico, o que vale é só para a baixa e analises...

Maria disse...

Xana, aí é mesmo uma grande confusão, porque quanto a transferências, mudanças e outros que tais, a coisa funciona segundo o "apetite" de cada Centro de Saúde...

Bé, felizmente antes desta consulta a médica era outra e já tínhamos introduzido a sopa 1 vez por dia, a carne e a fruta, mas esta médica era a primeira vez que via a Gabi e nem perguntou nada quanto ao seu historial. Enfim, por ela era mesmo o que já estava mais a bolachinha!!!

Sophie, esta também me parece que nunca tinha visto um bebé...
Pergunto-me se a tua médica de baixa por tempo indeterminado será também a minha, ou então proliferam em Coimbra...

Pipa disse...

Infelizmente é situação muito comum nos nossos Centros de Saúde...
Há expcepções, mas são casos raros...
Ainda bem que podes ir ao particular.

vip4you disse...

Interessante o teu blog...

Visitem: http://vip4you-vip4you.blogspot.com/