terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Choosing to become a parent is the hardest thing I have ever done


Having a child is a lot like running a marathon. An incredible challenge, but a worthwhile and transformative experience. It leaves you feeling like you truly accomplished something for all that effort. After all, you've created something kind of amazing: a person.


Muito bom! Vale a pena ler Jeff Atwood em On Parenthood 

4 comentários:

Ana Maldivas disse...

Já tinha lido e adorei, identifiquei-me com cada pequena palavrinha e temi por um futuro ainda tão looongo de parenthood... As dúvias que tinha durante a gravidez e primeiros meses não se desvanecem, adensam-se a cada dia que passa. Afinal o que é ser uma boa mãe??? Todos os dias há novos desafios, novas questões... sem dúvida o trabalho mais exigente que já tive, e nada valorizado no curriculum vitae...

Maria disse...

Tens toda a razão, é realmente muito pouco ou nada valorizado no cv (e às vezes, infelizmente, até terá peso negativo).
Quanto às dúvidas... pois posso-te dizer que são eternas :), digo-te isto ao fim de praticamente 16 anos de mãe. Realmente todos os dias há novos desafios, novas questões e novas preocupações. Vão-se modificando ao longo do tempo mas são presença constante. Mas também há tanta coisa boa!
No computo geral, é mesmo esse 1% que faz toda a diferença! :)

Alexandra e Pedro disse...

tb eu me revi em cada palavra...há sempre dúvidas de tudo bolas...agora que estamos a pensar num segundo filho, as dúvidas, as questões e inseguranças vêm todas ao de cima...serei capaz de dar conta do recado?
Ninguém disse que ser mãe é fácil...mas vale tanto a pena!

Rosalino disse...

Das melhores citações que alguma vez li. Realmente criar uma criança é um desafio muito grande. Mas fazer dela um Homem/Mulher, é muito mais importante :)
E nos dias de hoje...
Adorei
Rosalino