E quando menos se espera...

Andávamos nós descansadinhos nos nossos afazeres, quando ouvimos a porta da rua bater!
O que se passa? Quem deixou a porta aberta? Onde anda a Gabi?
A Gabi, claro, andava feliz e contente de chave na mão. Veio dizer-me adeus com aquele ar maroto e lá foi ela em direcção à porta. Qual não é o meu espanto quando sua excelência, armada de toda a sua independência, estica o bracito e... pois, abriu a porta!
O que vale é que não saiu e abria-a só para a fechar logo depois, mas, a partir de hoje, a porta da rua tem que ficar SEMPRE fechada à chave, sob pena de não haver descanso!!


A não esquecer: colocar rede nas varandas!
Está a ficar grande a minha mini aventureira...

Comentários

Jovem $0nhador@ disse…
Tens que ter cuidado com isso!
Magda E. disse…
Ui, ui... olha se lhe desse para sair?!
Ahah quer ser aventureira... Bom são joão para ti amiga,se quiseres visita-me no meu espaço. Mil beijos!!