sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Sabe sempre bem

Ouvir um elogio!

Hoje não foi excepção :) 

domingo, 24 de novembro de 2013

A minha irmã...

Ar maroto, resposta pronta, olhos brilhantes e caracóis em revolução, assim é a primeira memória que tenho da minha irmã.
Com o tempo os caracóis foram sendo domados e o ar maroto, não totalmente perdido, foi-se atenuando com o ritmo da vida. A resposta pronta, essa manteve-se sempre, quase como imagem de marca.
Ingénua, frágil, alegre, espontânea, impaciente, doce, amiga, presente, forte, resiliente, feminina, mãe, generosa, brincalhona, inconformada...
Isto, e tudo aquilo que se sente mas não há como transformar em palavras, é a minha irmã. Uma parte de mim, do meu ser, do que sou.
Não é fácil pôr por escrito tudo o que aqui vai dentro, e não é fácil por ser tão grande, tão avassalador.
Ainda não me permiti parar para pensar, ainda não me permiti tomar consciência da realidade, ainda não me permiti chorar. Porque tenho medo do que possa acontecer no dia em me permita qualquer uma destas coisas. Porque ainda não estou preparada para te deixar ir, para te deixar partir. Sei que um dia terá que ser, sei que um dia terei que te largar, mas não hoje, não agora, outro dia, quem sabe...

Hoje, neste que seria o teu dia, quero apenas deixar-te um beijo do tamanho do mundo!


Fazes-me falta...

sábado, 23 de novembro de 2013

Mada 8

Parabéns por mais um aninho :)


domingo, 17 de novembro de 2013

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

98

Mais um dia importante se passou no meu calendário. A distância não permitiu que estivesse presente, mas em pensamento estive lá sempre.

Parabéns Bi, por mais este aniversário, num ano tão complicado...

A minha avó